Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.3/5 (473 votos)


ONLINE
4




Partilhe este Site...

18:27:25


BARREIRA DE CORAIS NA AUSTRÁLIA
BARREIRA DE CORAIS NA AUSTRÁLIA

BARREIRA DE CORAIS NA AUSTRÁLIA

Great Barrier Reef (Grande Barreira de Corais)

 
Grande Barreira de Coral  - o maior recife de coral do mundo. Ele está localizado na costa nordeste da Austrália, que se estende em comprimento ao longo da plataforma continental de quase 2.300 quilômetros. A largura do recife na parte norte de 2 km, e no sul - cerca de 150 km. Este trabalho subaquática da arte é uma das atrações mais conhecidas e mais coloridos da Austrália, a cada ano atraindo turistas de todo o mundo.
A estrutura da Grande Barreira de Coral formado por milhares de milhões de pequenos organismos conhecidos como pólipos de coral. Este é o único resultado no chão a atividade dos organismos que podem ser vistas do espaço! O maior ecossistema coral do nosso planeta tem mais de 2900 recifes de coral separados e 900 ilhas no Mar de Coral. A área do recife é 348,698 quilômetros quadrados (para comparação, a área do Reino Unido - 244,820 quilômetros quadrados). Sobre este enorme parque marinho removido um número recorde de filmes natureza informativa.

ecossistema

É quase impossível descrever a riqueza do mundo subaquático, que pode ser encontrado na Grande Barreira de Corais!
A diversidade de espécies é incrível! O parque marinho encontrado sua casa mais de 1.500 espécies de peixes, moluscos 4000, mais de 200 espécies de aves ...
comunidade recife de animais, incluindo os celenterados organismos (pólipos, medusa), muitas espécies de moluscos (gastrópodes, bivalves, cefalópodes, etc.), tartarugas, cobras, vermes, equinodermes (ouriços do mar, estrelas do mar, zmeehvostki), inferior e peixes de natação livre, bem como mamíferos marinhos (golfinhos, dugongos).
Tudo isto redemoinho de vida lá, sujeitos às leis estritas da natureza e da seleção natural, onde todos podem ser um predador, e a vítima.
interesse genuíno é e tubarões. A casa Great Barrier Reef para uma grande variedade de predadores marinhos que são "enfermeiros jardim coral". Na parte inferior da busca de skvatinovye alimentos, carpete, Heterodonta, colar e outros tubarões bentônicos. Aqui você pode ver tubarões-enfermeiros, leopardo, gato, representantes espinhosas destes peixes cartilaginosos. Na coluna de água, entre as moitas de coral, organizado numerosos tubarões de recife, pegando e comendo pequenos animais e peixes de recife. Há também grandes tubarões - de areia, martelo, limão e até mesmo branco. Mergulhadores, banhistas e surfistas devem ser particularmente cuidadosos nesses lugares. É o lar do famoso tubarão-baleia! Ela está listado no Guinness Book of Records como o maior peixe do mundo. Mas não é preciso ter medo, "monstro marinho" alimenta exclusivamente de plâncton. A caça constante em torno do recife são golfinhos e baleias assassinas. Suas vítimas são muitas vezes jovens baleias jubarte e minke baleias. É a Grande Barreira de Corais de junho a agosto, há a reprodução de baleias jubarte. Nas ilhas do recife localizado na parte sul, põem ovos de tartarugas, que estão actualmente ameaçadas de extinção.
Todo o "saboroso" vida marinha - um enorme polvo, lulas, lagostas, lagostas, também vivem no território da Grande Barreira de Corais. E ultimamente não são verdadeiramente enorme população de estrelas do mar "coroa de espinhos". recife DestroyerHoje, esta estrela do mar - a maior ameaça para a Grande Barreira de Corais. Para um par de meses, pode destruir um grande número de corais. Morada das estrelas que seu veneno pode matar até mesmo adulto, é formado a partir de um cemitério coral. Ainda não inventaram métodos realmente eficazes de lidar com a "coroa de espinhos" e, infelizmente, a destruição de todo recife ocorre mais frequentemente.
Além da vida marinha de mais de 200 espécies de aves habitam as ilhas de coral. Quanto aos flora, apresenta-se muito mal. A área de recife dificilmente uma de 40 espécies de plantas que podem sobreviver em um ambiente em que mesmo a água subterrânea é distinguido por um grande teor de sal. Mas esta desvantagem é mais do que compensou um exclusivo fauna aquática. Na sua grandeza e solidez da Grande Barreira de Corais bastante vulnerável. Porque seus moradores são parte integrante de um ecossistema interligado, vale a pena população de uma espécie há uma diminuição acentuada ou aumento - o recife está em grave perigo. Esta situação era nos anos 70 - década de 80 do século passado, repito hoje, quando um aumento acentuado no número de estrelas do mar "Crown of Thorns" De acordo com um estudo publicado em outubro de 2012 pela Academia Nacional de Ciências, a Grande Barreira de Corais perdeu desde 1985 mais do que a metade corais que formam a sua estrutura. Outro grave problema foi a enorme branqueamento dos corais devido a uma água aquecimento acentuado. Algas que vivem nos próprios corais morrem e simbiose perturbado. Substituindo algas coral morto, que, na verdade, e dar-lhes uma cor brilhante e atraente.
Great Barrier Reef - é a oitava maravilha do mundo, admirável e requer tratamento cuidadoso. Ele suporta a vida ea biodiversidade de organismos vivos, de modo que em 1981 foi escolhida pela UNESCO como Património Mundial. A maior parte do recife é protegido pelo Parque Nacional Marinho, que ajuda a limitar os danos causados ​​por humanos atividades - pesca, poluição e turismo.