Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.3/5 (381 votos)


ONLINE
2




Partilhe este Site...

18:27:25


Refeições que valem a pena em paise diferentes
Refeições que valem a pena em paise diferentes

Refeições Vale a pena ir em uma viagem

Nos últimos anos houve um crescimento no número de passeios gastronómicos, mas eu nunca precisei de uma desculpa para fazer uma viagem apenas para a comida.

Um dos meus pessoais "Regras de Viagem" - uma viagem eu só comer o que não é preparado em casa. Devido ao fato de que a comida é uma parte integrante de cada cultura, eu venho para a questão da alimentação fora de casa muito a sério e trata cada refeição como um processo educativo. Mais incomum e incerteza, os ingredientes mais loucas que eu nunca ouvi falar melhor.

Aqui estão 23 pratos para os quais vale a pena fazer uma viagem ao redor do mundo para tentar.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

 

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Yakitori, Japão. Os turistas que não estão à procura apenas no Japão sushi pode encontrar barracas que vendem yakitori. Yakitori é muito mais do que o frango grelhado, molho com uma combinação de mirin, saquê, molho de soja e açúcar. Barracas de ambulantes que vendem este prato, são centros sociais informais, onde a geração mais nova se misturam com a multidão de trabalhadores de escritório que precisam de um lanche depois do trabalho em escritórios.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Baklava, Turquia. Confeiteiros e padeiros turcos em seu baklava copiosamente colocar pistache verde brilhante, acompanhado por creme coagulado. Variações de baklava pode ser encontrada em várias regiões do Mediterrâneo Oriental. Sua alimentação e no Irã e no Afeganistão.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Antikucho, Peru. O berço da empatados grelhados fritos em espetos pedaços de molho de coração de boi é o Peru. Este prato pode também ser encontrada em muitas outras regiões da América do Sul. Comida de rua Classic. Antikuchos custo geralmente menor do que o dólar, o que torna este prato é barato e acessível para aqueles cujo orçamento de viagens de baixo.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Paraty, na Índia. Muitas vezes ofusca bolos naan bolos ázimos Paraty são prato de carboidratos no menu do Norte da Índia. Mais de 40 variações diferentes podem ser encontrados em toda a Malásia, Maurícias, Maldivas, Mianmar e Cingapura. Este pão pode ser recheado com legumes ou carne, mergulhados em manteiga, iogurte ou chá.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Putin, no Canadá. French Canadian food conveniente: uma combinação de batatas cortadas grossas com molho e queijo, originários por volta de 1950. A origem da palavra "poutine" não é clara, mas fontes indicam uma combinação de palavras em francês e inglês, incluindo "uma bagunça", "mal cozido" e "homem poderosamente construído."

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Kallabu, Caribe. A composição inclui legumes Kallabu e ervas, que você provavelmente nunca ouviu falar, por exemplo: água espinafre, inhame, e amaranto. Os greens são usadas como guarnição para pratos. Enquanto a maioria dos turistas encontrar este prato nas ilhas do leste do Caribe, é realmente o berço kallabu - África Ocidental. Kallabu também ser um prato vegetariano, se você usar quiabo, leite de coco e pimenta, e você pode adicionar os frutos do mar local, como caranguejos, lagostas e mariscos, dependendo do país em que você é um convidado.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Khao Soi, Tailândia. Esta sopa de macarrão, servido no Laos, Tailândia e Burma, com "toques" locais para distinguir os sabores da região em que residem. Macarrão de arroz frito (às vezes) enrolado e cortado com uma tesoura antes de ser adicionado ao caldo contendo repolho, carne de porco, pimenta assado, soja fermentada e / ou caril leite de coco. Este prato não é frequentemente encontrada em restaurantes tailandeses no Ocidente.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Chapulines, no México. Os viajantes freqüentes em mercados Oaksakana e em eventos esportivos, este petisco de gafanhotos geralmente estão disponíveis apenas no verão. O seu, o gosto picante ou salgado azedo depende do que o seu fogo: com suco de limão, alho e sal.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Frango e waffles, EUA. O que pode parecer uma combinação estranha, na verdade é um prato favorito para brunch. Embora este prato tem uma longa história, que recentemente se tornou popular a nível nacional, e agora ele pode ser encontrado em todo o país. Adicionando xarope de bordo, mel ou molho de pimenta, eleva a combinação de doçura e sal a um outro nível.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Belisque, Espanha. "Pitada" em espanhol significa "espeto" - ingredientes como carnes curadas, peixe defumado, legumes fatiados, queijos locais e outros produtos que são fixos para uma fatia de pão com palitos. Pincio servido frequentemente no País Basco, no norte da Espanha. A maioria dos viajantes podem encontrar uma variedade de bares e tabernas complexos de composição e pintxos.Na maioria das vezes eles são usados ​​com cerveja ou vinho.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Bolinhos, Eslováquia. Cousins ​​macarrão e queijo eslovaco, bolinhos de batata consistem em bolinhos misturados com manteiga derretida e queijo de ovelha, polvilhe com o bacon picado. Os moradores, por vezes, combinam com bolinhos de leite azedo chamado Žinèica, mas a cerveja também é bom ajuste. Na cidade de Turek mesmo um festival anual "bryndzové halušky» («bryndzové halusky"), onde uma competição associada com a comida.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Asado Argentina. Asado - este prato na churrasqueira a arte ea mistura de diferentes alimentos ao mesmo tempo. Carne sem sabor - reforços de carne, lingüiça de porco, pés de galinha, etc. - Assado em fogo aberto durante cerca de duas horas. O prato é mais associado com a Argentina, mas existem variações entre outros, e no Brasil, e Chile, e Colômbia e Peru.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Barns, Egito. Barns - é a versão egípcia do Rice-A-Roni - uma mistura de arroz, macarrão, lentilha, molho de tomate e grão de bico. Este prato é muito popular entre a classe trabalhadora do Egito, bem como visitar os vegans país.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Pastilla, Marrocos. Pastilla - uma versão marroquina de uma torta de carne. Massa folhada recheada com carne de Pastilla Chalcophaps, temperado com especiarias, açafrão, canela e coentro. Recheio doce picante envolto em um escudo chamado verificação (werqa), em seguida, polvilhe com açúcar em pó. O prato não é nem um prato principal ou sobremesa e aperitivo para ocasiões especiais.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Fufu, Ghana. Um prato de mandioca e banana cozida e bateu tem a consistência de ar marshmallow com sabor meio amargo. Adaptações especiais para comer não é necessária, é necessário para formar uma bola de massa e pequeno gole.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Wada, na Índia. Estes donuts ou bolos de lentilhas, batatas e cebolas são geralmente comido no café da manhã no sul da Índia e Sri Lanka. O prato pode servir como um aperitivo, ou servido como acompanhamento de outros alimentos. Vada pav, por exemplo, consiste em uma vada, chutney e pimentas picantes para enfeite.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Bolo de Saskatoon, no Canadá. Cidade de Saskatoon é realmente nomeado após as bagas que cresciam ali em abundância, quando um grupo de imigrantes ucranianos e outros se estabeleceram na área. Esta baga é como um cruzamento entre um cranberry e mirtilo, e tem gosto de groselha preta. Moradores de bolos costumam usar as mesmas receitas que são transmitidos nas famílias de geração em geração.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Balik-ekmek, Turquia. Este cavala sanduíche, grelhado, podem ser encontrados ao redor da área de Eminonu em Istambul em todos os lugares: nas lojas e vendedores de rua bem no barco flutuando ao longo da Ponte Galata ea Atatürk. Repolho, cebola, alface, tomate e pimentão assado realça o sabor de peixe fresco.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Guisado de bode, Montserrat. Cabra mais barato do que a carne, ea carne é macia e suave. Em cabras de carne e menos gordura. Montserrat bode guisado feito seu prato nacional, e várias outras ilhas do Caribe: St. Kitts e Nevis, e St. Croix. Receitas variam de acordo com as especiarias (curry, cravo, coentro ou pimentão em pó), legumes e pedaços de carne locais são utilizados na culinária.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Sopa de lagosta, Islândia. Pratos de lagosta lagostas na Islândia em abundância: eles podem ser encontrados em quase todo o menu do restaurante. Os turistas que estão acostumados a quase câncer kg, cozido na manteiga de alho pode ser confundida aparência lagosta islandês que cada um do tamanho de um camarão jumbo, mas a carne fresca e caldo é muito quente.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Semitas, no México. Originário da cidade de Puebla, um semita é um sanduíche. Carne de porco ou combinado com abacate cortado, kezillo (queijo), cebola, verduras e pai salsa. Tudo isso se encaixa no pão cortado com sementes de gergelim.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Pikarones, Peru. Embora este prato é considerado Perot pikarones sobremesa - uma rosquinha feita de squash vegetal e batata-doce. "Pikaron» (Picaron) traduz como "impertinente" ou "" pessoas feias, e esta sobremesa é muitas vezes mencionado na música peruana ea poesia como insinuações.

23 pratos para que é para ir em uma viagem

Choppino, EUA. Cozinha italiana não pode ser reconhecido pela maioria das cozinhas em San Francisco, mas choppino inventado por comerciantes italianos pescar San Francisco, que usou os pedaços de peixe restantes para criar um frutos do mar "quente" pode ser encontrado em bares de mergulho e cinco restaurantes. A maioria dos turistas têm a oportunidade de experimentar uma combinação de pratos do caranguejo Dungeness, mariscos, camarão, vieiras, lulas, mexilhões e peixes locais, cozido com tomates e vinho branco.

Fonte internet