Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
4




Partilhe esta Página

 

www.aetassentos.com

 


telescópio espacial "Hubble"
telescópio espacial "Hubble"

 

O telescópio espacial "Hubble": 25 anos

 

 
 

24 de abril de 1990 a orbitar a Terra foi lançado telescópio espacial "Hubble". Devido à falta de influência do telescópio resolução atmosfera é de 7-10 vezes mais do que o mesmo telescópio, localizada em todo o mundo.

Até o 25o aniversário do telescópio na Internet organizou um concurso para a melhor fotografia tirada "Hubble". Os resultados e do satélite de imagem de vencedor - nesta revisão.

20 foto

O telescópio espacial "Hubble": 25 anos para orbitar a Terra

Vamos começar a partir do 20º lugar pelo número de votos expressos pelos utilizadores da Internet.

20. Southern Pinwheel Galaxy. Ele está localizado cerca de 15 milhões de anos-luz de distância. A galáxia foi registrado seis supernovas.

Southern Pinwheel Galaxy


19. Antes de nós, Júpiter - o quinto planeta a partir do Sol, o maior do sistema solar, um gigante gasoso eo maior planeta do sistema solar.Seu raio equatorial é igual a 71.400. Km, que é 11,2 vezes o raio da Terra. A massa de Júpiter em 2,47 vezes a massa total de todos os outros planetas do sistema solar juntos em 317,8 vezes - a massa da Terra e é cerca de 1000 vezes menor do que a massa do sol.

Júpiter

18. A emissão da Nebulosa da Tarântula, na constelação de Dorado. Enormes estrelas da nebulosa são poderosas fontes de radiação, que sopra para fora do gás e poeira interestelar, bolhas gigantes. Algumas das estrelas explodiram como supernovas.

Emitir o Nebulosa da Tarântula na constelação de Dorado

17. Resto do Supernova 0509, eclodiu cerca de 400 anos atrás. Ele está localizado em uma galáxia vizinha, a Grande Nuvem de Magalhães, a uma distância de mais de 160 mil anos-luz de distância. O diâmetro de toda a estrutura é de cerca de 23 anos-luz. Assim, ele se expande em 5 000 quilômetros por segundo

Supernova Remnant 0509

16 aglomerados abertos NGC 3603, na constelação de Carina. Uma das maiores áreas de formação de estrelas na galáxia. Agrupamento de centro contém milhares de estrelas mais massivas do que o Sol, surgiu 1-2.000.000 anos atrás, em uma explosão de formação estelar.

Abrir aglomerado de estrelas NGC 3603, na constelação de Carina

15. A nebulosa planetária NGC 5189, na constelação da Mosca. Ele tem uma estrutura simétrica, em vez invulgar com um anel de gás no centro, deste modo se assemelha à letra S.

A nebulosa planetária NGC 5189, na constelação da Mosca

14. A galáxia NGC 4039, na constelação de Crow. Galáxia NGC 4038 e NGC 4039 - um par de galáxias em interação, apelidado de "Antenas".

Galáxia NGC 4039, na constelação Corvo

13. Nebulosa do Caranguejo, na constelação de Touro. Localizado a uma distância de cerca de 6500 anos-luz (2 KPC) da Terra, a nebulosa tem um diâmetro de 11 anos-luz e está se expandindo a uma taxa de cerca de 1.500 quilômetros por segundo.

A Nebulosa do Caranguejo em Touro

Nebulosa de emissão NGC 12. 3372 (região de hidrogênio ionizado), na constelação de Carina. Localizado a uma distância de 6500-10 000 anos-luz da Terra.

Emissão nebulosa NGC 3372 (região de hidrogênio ionizado), na constelação de Carina

11. A nebulosa de Orion fica a cerca de 1.344 anos-luz da Terra e está a 33 anos-luz de diâmetro.

A nebulosa de Orion

10. A nebulosa planetária bipolar na constelação de Escorpião Beetle. Ele tem uma das estruturas mais complexas do nebulosas polar conhecido. A estrela central da nebulosa foi descoberta pelo Telescópio Espacial Hubble em 2009, sua temperatura de superfície superior a 200 000 Celsius, o que é cerca de 35 vezes maior do que a temperatura da superfície do sol (não confundir esta temperatura com a temperatura da corona solar, que pode chegar a milhões de graus).

A nebulosa bipolar é uma nebulosa planetária na constelação de Escorpião Beetle

 

9. escura Nebulosa Cabeça de Cavalo em Órion. Cabeça de Cavalo - uma das mais famosas nebulosas. Vê-se como uma mancha escura na forma de uma cabeça de cavalo contra um brilho vermelho. Esta emissão é devido à ionização de nuvens de hidrogênio além da nebulosa, a radiação da estrela brilhante mais próxima.

Escuro Nebulosa Cabeça de Cavalo em Órion

8. quinteto de Stephan - um grupo de cinco galáxias na constelação de Pegasus. Quatro dos cinco galáxias no Quinteto de Stephan estão em constante interação. Uma enorme onda de choque intergalático, o produziu uma das galáxias, "cai" para o outro a uma velocidade de milhões de quilômetros por hora.

Quinteto de Stephan

7. A galáxia espiral NGC 1300 com um jumper, que está localizado a cerca de 70 milhões de anos-luz de distância na constelação Eridanus. Uma característica do presente Galaxy é a ausência de um núcleo activo, o que pode indicar uma falta de um buraco negro suficientemente maciço, ou a falta de acreção (substância no processo de queda corpo espaço a partir do ambiente).

Galáxia espiral barrada NGC 1300

6. Nebulosa Olho de Gato, na constelação de Draco. A estrela central tem um ó classe a uma temperatura de 80.000 K. Fica a cerca de 10 000 vezes mais brilhante que o sol, enquanto o seu raio é 0,65 do sol.

Nebulosa Olho de Gato, na constelação de Draco

5. espiral da galáxia do Sombrero na constelação de Virgem, a uma distância de 28 milhões de anos-luz da Terra. Muito forte emissão de raios-X é causado, de acordo com muitos astrônomos, a existência de um buraco negro com a massa de um bilhão de massas solares no centro dessa galáxia.

Espiral da galáxia do Sombrero

4. O objeto NGC 2174, conhecida como Nebulosa de "cabeça de macaco" é uma nuvem de gás e poeira cósmica e está localizada 6.400 anos-luz de distância na constelação de Orion.

O objeto NGC 2174

3. O grupo de galáxias interagindo Arp 273, na constelação de Andrômeda, situada a uma distância de 300 milhões. Anos-luz da Terra.

O grupo de galáxias interagindo Arp 273

2. A estrela variável V838 incomum na constelação de Monoceros o unicórnio, a uma distância de cerca de 6 kpc do sol. Estrela sobreviveu a uma explosão grave no início de 2002, a sua luminosidade é 15.000 vezes mais luminosidade solar.

A estrela variável V838 Mon incomum

1. Melhor Filme no final da votação, dedicada ao 25º aniversário do telescópio espacial "Hubble". Região "Pilares da Criação" na nebulosa de Eagle. Há uma região ativa de formação de estrelas. As áreas escuras na nebulosa - que proto-estrelas.

Região "Pilares da Criação" na Nebulosa da Águia

 

.