Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1




Partilhe esta Página

 

www.aetassentos.com

 


CANTOS INTOCADOS DA TERRA
CANTOS INTOCADOS DA TERRA


CANTOS INTOCADOS DA TERRA, ONDE VOCÊ PODE ESQUECER A CIVILIZAÇÃO

 

NET

Torna-se cada vez mais difícil voltar à natureza, desligar os monitores e afastar-se dos benefícios da civilização, tanto que se diz que não há ninguém por perto. Vivo para estar uma vez na praia, viajar para os cantos mais remotos do planeta, para encontrar lugares tão remotos que só um punhado de pessoas vive lá. A Ilha da Decepção fica dentro do vulcão, o que o torna o principal local para estudar a atividade geotérmica (para o punhado de exploradores argentinos e espanhóis que moram lá). Na ilha você pode encontrar um turista casual em busca de pinguins antárticos, e aqueles que estão procurando uma oportunidade para cavar na areia, quase em qualquer lugar que eles se sintam assim.






Ilha da Guarda do Norte Localizada na Baía de Bengala, a ilha da Guarda do Norte é uma cópia real das ilhas remotas dos filmes. Você sabe, aqueles em que os caçadores de aventuras vêm em terra e são imediatamente recebidos por guerreiros tribais fortemente armados? Dezenas de casos relatados de contato com moradores locais (mais recentemente em 2004, quando dois pescadores morreram lá) sugerem que é isso. Então, se você está tentando deixar uma vida confortável com um laptop para trás, este é provavelmente o melhor lugar, desde que você possa convencer os locais a levá-lo para si. civilização esquecida
Alert, Nunavut, Canada Embora não haja população residente, Alert é o povoado mais setentrional do planeta. A uma distância de apenas 500 milhas do Pólo Norte, os residentes de Alerta existem em uma pequena área da região, e consistem em cientistas monitorando a atmosfera e clima, e pessoal militar trabalhando em centros militares de inteligência de rádio onde o sinal de rádio vem. 


Ilhas Kerguelen, no Oceano Índico Também conhecidas como as Ilhas Abandonadas, as Ilhas Kerguelen são conhecidas como um dos lugares mais isolados do mundo. A população total de 4483 quilômetros quadrados da ilha é de cerca de 70-110 pessoas, por isso é muito fácil não encontrar outra pessoa se você não quiser.


Mount Gangkhar Puenzum, Butão Uma montanha remota (ou três montanhas, na verdade) localizada na fronteira entre o Butão e o Tibete, Gangkhar Puenzum é o ponto mais alto no Butão, e talvez esta seja a montanha mais alta do planeta que ninguém jamais conquistou . Falha após falha e, finalmente, montanhismo nesta região é completamente proibido. Poucas pessoas se atrevem a ir para as montanhas, o que significa que é um ótimo lugar para arruinar as pessoas de todos juntos.

Ilhas Pitcairn Populada pelos descendentes dos famosos rebeldes, a Ilha Pitcairn é praticamente inabitável e, portanto, a cadeia de ilhas tem uma população total de cerca de 56 pessoas na ilha principal de Pitcairn. A ilha de Pitcairn, o ponto mais meridional da Polinésia Francesa, só pode ser alcançada de barco, por isso os turistas raramente são vistos aqui (exceto por um punhado de passeios de um dos 10 navios de cruzeiro que passam por esta área todos os anos).

Tristão da Cunha, Oceano Atlântico O arquipélago mais remoto do mundo, Tristão da Cunha (população de 264 pessoas), é um grupo de ilhas vulcânicas na região sul-africana. Para chegar até aqui, você precisará de 6 dias em um barco, e alguns navios vão para cá nos dias de hoje, então fica mais difícil chegar lá. Você pode apostar que esses lugares permanecerão virtualmente intocados para sempre. 

Ilha de Páscoa, Chile Também conhecida como Rapa Nui, esta ilha de cabeças de pedra gigantes é reconhecida como muito mais densamente povoada do que a maioria dos lugares remotos (por exemplo, comparada a Tristão da Cunha, e a ilha habitada mais próxima é Pitcairn). Localizada a mais de 3.000 quilômetros da costa do Chile, a ilha vê várias vezes mais visitantes do que sua população.

Ilha de Socotra, Iêmen Localizada entre as outras três ilhas do Oceano Índico, Socotra é a maior da cadeia, e talvez a mais incomum. Um terço da flora local é único e não é encontrado em nenhum outro lugar, por causa disso, a ilha recebeu um dos "lugares mais estranhos da Terra". 
Pólo Norte da Inacessibilidade Localizado mais longe de qualquer continente do planeta, o Pólo Norte da Inacessibilidade não é a terra, mas a massa mais setentrional do gelo do Ártico. Como resultado, o deslocamento da plataforma de gelo sugere a ausência de estruturas permanentes na área. Ainda há disputas sobre se alguém já andou no gelo.


Brasil 3418.000 quilômetros quadrados de selva densa incluem as florestas tropicais da bacia amazônica, que crescem em 9 países separados, e somam 39 bilhões de árvores. É fácil se perder lá. Curiosidade: mais da metade dos solos da Amazônia, necessários para manter a vegetação, vêm todos os anos do Saara. 


Supai, Arizona O lugar mais remoto dos Estados Unidos e 208 de seus moradores ainda enviam e recebem correspondência em uma mula. Sério 

Illokkortormiut, Groenlândia Uma das cidades mais remotas da já distante Groenlândia, Illokkorormiut tem uma população de 452 pessoas. O nome significa "habitantes de uma casa grande". A cidade está localizada no leste da Groenlândia, a economia ainda é baseada em uma longa tradição de caçar baleias e ursos polares.

A Estação Antártica Amundsen-Scott A estação de pesquisa Amundsen-Scott, localizada no ponto mais ao sul do mundo, é visitada por entre 50 e 200 pesquisadores. Localizado em um bloco de gelo à deriva, uma base de pesquisa e desenvolvimento captura um dia polar, com 6 meses de duração, a temperatura pode subir para -15 graus e uma noite polar, da mesma duração, quando a temperatura pode cair para -100 graus.

Fula, na Escócia Talvez a mais distante das ilhas habitadas da Grã-Bretanha, Fula (ou “Ilha dos Pássaros”, traduzida dos nórdicos antigos) parece ter sido habitada por mais de 5000 anos, o que é impressionante, já que a população atual é de cerca de 38 pessoas. Este isolamento significa que Fula foi um dos últimos lugares no mundo onde o norueguês (derivado do nórdico velho) foi usado realmente até o século XIX. 

Estação McMurdo, Antártida Embora este lugar afirme ser o maior assentamento em toda a Antártida no momento, isso não significa nada. A pedra fundamental do programa de pesquisa antártico dos EUA , McMurdo serve como a parada final antes do empurrão final para o Pólo Sul, e é o lar de 113 cientistas e alguns auxiliares.

Oymyakon, Sibéria Localizada perto do Pólo Norte, a vila de Oymyakon mantém uma pequena população devido ao status de um dos lugares mais frios e habitados do mundo. O solo é constantemente congelado, o que é especialmente incomum, porque no verão pode aquecer a -81 graus. 


Svalbard, Noruega Anteriormente conhecido como Svalbard, Svalbord está localizado a meio caminho entre a Noruega eo Pólo Norte. Existem 5 espécies de mamíferos terrestres que são encontrados lá: renas de Spitzbergen, urso polar, raposa ártica, ratazana do sul e homem. A maioria da população é multi-racial: pesquisadores, mineiros e aqueles que trabalham no campo do turismo. Svalbard é considerado um dos lugares mais seguros da Terra, o número de crimes registrados por ano tende a zero.



St. Kilda, Escócia Embora o arquipélago de St. Kilda possa ter uma população permanente de até 180 habitantes por 2.000 anos, desde 1930 não há residentes permanentes. Há uma velha piada que dá uma idéia de como esse arquipélago foi historicamente isolado: os ilhéus podiam se comunicar com o resto do mundo de duas maneiras: 1) subir ao ponto mais alto da ilha e acender fogueiras, 2) escrever mensagens em pequenos barcos esculpidos e enviá-los para


Ilha Bouvet, Noruega A ilha mais remota do mundo, o Bouvet norueguês é completamente desabitado. A primeira missão bem sucedida para conquistar o ponto mais alto da ilha ocorreu muito recentemente - em 2012, e uma equipe de quatro pessoas deixou uma cápsula do tempo, que será aberta em 2062 

Ilhas do Sul Cocos, Austrália Apenas 2 das 24 Ilhas do Sul Cocos são habitadas, com uma população total de 600 pessoas. Localizadas entre a Austrália e o Sri Lanka, as ilhas cumpriam uma função historicamente tática, dada sua proximidade com o Oceano Índico e a Rota Marítima do Sul da China, e a presença de uma grande estação de comunicação na Ilha de Direção, durante as duas guerras mundiais.

Macquarie Island, Austrália Localizado entre a Nova Zelândia e a Austrália, o Macquarie abriga de 20 a 40 pessoas e todos os pinguins-rei na temporada de nidificação. Todos os pinguins reais. Na terra. Em um só lugar. 

Rapa-Iti, Polinésia Francesa O pequeno duplo de Rapa-Nui (Ilha de Páscoa), Rapa-Iti é o lar de 497 pessoas e várias espécies de aves migratórias, tornando a ilha um território ornitológico chave. A ilha é conhecida coloquialmente como "Rapa", o nome refere-se a um território que inclui um pequeno punhado de ilhas quase desabitadas e 4 grandes vulcões.
Medog, Tibet As terras extensas de Medog sugerem a presença de uma pessoa por milha quadrada e um clima agradável que dá vida a mais de 3000 espécies diferentes de plantas. O último município em toda a China sem uma estrada de acesso, uma estrada apareceu apenas em 2010 em Medog, o que significa que é apenas uma questão de tempo quando os edifícios começarão agressivamente a aparecer nesta região. 

Península do Cabo York, Austrália Península remota no extremo norte de Queensland, a Península do Cabo York é o lar de muitas comunidades aborígines, apesar da pobreza do solo na região. O território está passando por um afluxo de turistas, configurado para acampar e unidade com a natureza, mas a preservação da península tem sido uma tarefa prioritária desde os anos 90, e isso é estritamente controlado lá.

Distrito de Koryak, Rússia Os enormes 301.500 quilômetros quadrados que compõem o distrito de Koryak abrigam a menor população de todas as entidades constituintes da Federação Russa. De qualquer forma, parece que as pessoas deixam a região de Koryak a uma velocidade relativamente constante, ou seja, pode se tornar uma das maiores áreas abandonadas nas próximas décadas. 

Ilha Peter I, Antártica Esta ilha vulcânica está localizada a 450 quilômetros da Antártica, completamente desabitada, em grande parte devido à cobertura de gelo, o que a torna inacessível. A maioria dos habitantes desta ilha é representada quase exclusivamente por focas e aves marinhas.


Changtang, Tibet Representando uma grande parte das lendárias Highlands Tibetanas, Changtang abriga quase exclusivamente povos nômades que vagueiam com o gado porque o clima é muito duro para criar fazendas permanentes. Há também a mais alta aldeia habitada do planeta, Karzok, às margens do Lago Tsomoriri. 

Mistério na Sibéria Depois da palavra russa para "floresta", a Taiga Siberiana é uma ecorregião no maior bioma do mundo. Cobrindo mais de 3.901.000 quilômetros quadrados, a taiga surpreendentemente combina espécies biologicamente diversas, plantas sozinhas mais de 2.300 espécies, apesar das duras condições de crescimento.




Lena-Pilares-3 [1] .jpg